Site de Poesias

Menu

Um Pai de Bondade(Poema)

Era um homem sério
 
trabalhava como lavrador,
 
tinha filhos
 
um deles era professor.

 
Quando mais jovem no sertão trabalhava
as minhas mãos ficavam sangrando,
uma certeza eu tinha o que eu conquistava
ganhava de suor derramando.

 
A maior certeza é que a riqueza
era minha profissão,
Eu necessitava de carinho pois morando sozinho
ensinei aos meus filhos ter educação.

 
O meu filho que era professor nunca tinha me dado seu amor
e eu também nunca tinha cobrado,
pois trabalha todo dia sempre sempre na mesma correria
chegava em casa cansado.

 
Um certo dia meu filho chegou em casa alegremente
e todo contente começou a me dizer:
Pai o senhor vai ser avô agora quero seu amor
e quero que dê amor ao seu neto que vai nascer.

 
O Pai coitadinho já estava bem velhinho
mostrou sua bondade:
Filho o meu neto terá todo amor do mundo falo isso tão profundo
por mim ele terá muitas felicidades.

 
O filho arrependido falou ao seu pai sofrido:
Perdoe-me tudo de ruím que lhe fiz.
O pai na maior simplicidade mostrou ser um senhor de bondade e disse:
Meu filho você sempre me fez feliz.

 
O pai ao fim da vida falou na sua despedida:
Filho cuide bem do meu neto assim como eu cuidei de você,
de a ele alimentos e alimentação
prá que nesse mundo ele possa sobreviver.

 
O seu neto já nascido nas mãos do filho arrependido
o filho para criança começou a dizer:
Meu filho vou mostrar-lhe o retrato de seu avô
que aqui não pôde mais viver.

 
O filho inocente nas mãos do pai sorridente
uma lágrima da criança ao chão caiu,
o pai começou a chorar e também a soluçar
por saber que para criança seu avô jamais existiu.

 
Essa triste história eu sei que vai ficar na memória
de muitas outras pessoas também;
você que é trabalahador dê aos seus filhos o amor
e a educação para que na vida eles sejam alguém.

 
Obrigado pela atenção e agradeço de coração
por essa sofrida história ter escutado,
você que está com depressão por ter mágoas de seu irmão
leia essa mensagem e se sinta aliviado.
 
 

 
Essa história que aqui se encerra
foi feita por um poeta
que quer ver o mundo cheio de esperança,
eu resolví a escrever e ao acabar de ler
no seu coração possa ter muitas mudanças.
 
Esse é um exemplo de  um pai de bondade, um pai de bondade nunca sente rancor ou mágoas de seu filho, foi o que contou essa triste história ou melhor esse poema.....
Contatos através do msn: tiagopoetamg@hotmail.com
 

Compartilhar
Tiago Poeta
23/06/2010