Site de Poesias

Menu

AMANTE NA SOLIDÃO

 

Solitária eu aqueço no meu leito

Minh’alma apaixonada e o coração,

Convivendo feliz na minha solidão

Com sonhos guardados no meu peito.

 

Sonhos lindos de saudade e de paixão,

Por ti meu amante perfeito idealizado.

Que me abraças, beijas e apaixonado

Fazes acelerado bater este meu coração.

 

 

Enrosco-me em ti neste meu sonhar...

Sinto teu coração bater junto ao meu,

É bom, mesmo em sonhos te abraçar...

 

Contente durmo, oh amante tão desejado.

Cala-me teu beijo, não falo o nome teu

Ardente amor meu vivido no passado!

 

Pedro Paulo da Gama Bentes

Compartilhar

Versão comportada

Pedro Paulo da Gama Bentes
19/06/2010

  • 3 comentários
  • 537 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados