Site de Poesias

Menu

Telefone

[Ilustração não carregada]

Telefone toca, fui atender
Do outro lado uma voz suave chamou-me atenção
Você um rouxinol a balbucia palavras a me procurar
No momento não reconheci e parece que nem você a mim
Perguntei quem era e você se identificou como um SONHO
E quando mim perguntou, disse que era REALIZAÇÃO
Você sorriu meio sem graça
E eu fiquei em silencio esperando sua reação
Você de imediato falou seria, Cássia estar?
Respondi dizendo sim, sou eu a pessoa que esta a procurar
Você suspirou, soltou um soluço e desligou
Eu sem saber o que fazer no momento
Fiquei com o telefone na mão
Meus olhos se encheram de lagrimas e chorei
Alegria e tristeza me tomaram então
Noite dia ao lado do telefone permaneço esperando outra ligação.

Compartilhar

06/06/2010

  • 1 comentário
  • 254 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados