Dá-me Tempo...

Dá-me Tempo...

-me tempo para sarar as minhas dores
Para libertar esta mágoa que me atrofia o peito
Para quebrar esta tristeza que prende meu coração,
E assim libertar os fantasmas da minha alma.
Preciso de tempo, meu amor....
Para deixar ir todos os meus tormentos
Para afogar os meus pesadelos.
Deixa-me esquecer quem eu fui...
Ou quem eu quis ser...
Dá-me tempo meu querido
Para poder seguir em frente, sem olhar para trás
Para fingir que o passado não existiu
Deixa-me recomeçar comigo uma nova vida
Iniciar um novo percurso  do que quer que seja.
Preciso esquecer este medo que tenho
Que não me deixa avançar,
Que não deixa a felicidade entrar em meu ser.
Preciso recriar a magia dos sonhos
Das ilusões das fantasias
Que se perderam pelo caminho.
Preciso de tempo meu amor...
Para reaprender a amar com o coração
Que deixou de acreditar que tudo é possível
Para deixar-me levar sem receios, sem barreiras...
Dá-me tempo... meu querido...
Para que eu possa voltar a ser inteira...
E para que eu não te ame só pela metade...
Porque agora sei que os sonhos existem para serem sonhados
Mas o meu coração e alma, ainda não acreditam
Que tudo é possível...
Quando se vive na magia dos sentimentos.

deusaii
© Todos os direitos reservados