Site de Poesias

Menu

A SOGRA!

A SOGRA!

Um olhar já cansado e meio triste

Um suspiro de saudade em devaneio

Um sorriso de criança em seus sonhos

Um coração sofrido no seu peito

Diz para sim mesma: Mais um filho!

É assim que ela sente aquela união

Em seis braços já sente  o seu presente

Uma criança que será amado de todo o coração

A alegria de seus filhos é a sua alegria

Que eles sejam amados é o seu  desejo

Que tudo dê certo com o escolhido

E um amor muito grande em seu peito

Não espera nunca sofrer decepção

Com aquele filho(a) que ganhou!

 Quer amá-lo (a)  eternamente

quer dividir com ele(a) sua atenção

reza a Deus e pede paz e união

naquele lar que acaba de se formar

que exista ali apresença do amor

que nunca a saudade ganhe ali o seu lugar.

Homenagem as sogras felizes!

Compartilhar
Rita Maria Medeiros de Almeida
28/04/2010