Site de Poesias

Menu

Desejos

[Ilustração não carregada]

Desejos...
Vinho, promessas
Sementes do olhar em que me transformas menino,
Doce atração, presença madura acalentando pedidos
Cheiro, pele, gotas de delírio,
Ilusões...
Desvelam-se os véus, desnuda-se o impronunciável
Abre-se entre teus céus sublime visão,
Revelação intima, momentos unos,
Contemplação...
Da emoção intangível,
Versos de amor em altos brados
A pranger sentimentos despertados,
Gemidos...
Teu corpo, puro sabor da conquista,
Recreação, inconsciência, sexo exposto,
Poesia...
Das brincadeiras , quando amas , odeias
Quando odeias, amas, fúria e paixão
Desperta meu Eros,
Sensações...
Vem então Deusa votiva
Finda loucura, despertar o abraço
Sonhos roliços, corpos contritos,
Distesos, sagrando o sono,
Amanhecer...

Compartilhar

12/04/2010