Gótico Amor

Gótico Amor

Da neblina que cobria
Todas as angústias de amor,
Descalço contrito corpo,
Infinito...
Rasguei o Belo
E o nu em trevas,
Foi ao teu encontro.
Nas mãos espinhos,
sangrando desejos e ternura,
Sagrados sentimentos,
Maviosos e imaculados.
Difícil caminho
O caminho pérfido,
Deu-me ultimo alento
Ver-te na lápide despida,
Perambulando aos quatro ventos,
Sonhos dispersos
Torpe mundo insano.