Site de Poesias

Menu

SONHO/PESADELO

o ócio
letárgico,

nos leva

além do momento
que os tormentos
do dia afasta

na rotina atribulada
azáfama das lidas
somos máquinas

na indolência
viajamos
navegamos

rotas nem tão pacíficas
interiores revisitados
emergimos assustados

de volta para a fuga
no esquecimento de nós
alienados nas horas corridas...

Compartilhar
EDILOY A C FERRARO
01/04/2010