Site de Poesias

Menu

aos porcos

 
De manhã, as pérolas rolavam pelo chão
desfazendo-se de minhas mãos
De que vale dinheiro se estou
condenado à minha ostra?

Compartilhar
Van Uog
07/03/2010

  • 0 comentários
  • 56 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados