Site de Poesias

Menu

Sincero Sentimento

 
Seu sorriso fascinou meus olhos
Com suas mãos insinuando o leito
Sua boca de um vermelho doce
Diziam coisas que jamais sonhei
E agora depois de tudo que fomos
Confesso que jamais pensei
Agora que nada resta na taça
Em que sorvemos o último gole do amor
Sou sincero!
Desse sentimento que nutro por ti
Nunca antes provei...

Compartilhar
Agostinho M. da Costa
02/03/2010

  • 0 comentários
  • 82 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados