Espelho das ilhas

Espelho das ilhas

- ILHAS CONSERVAM MISTÉRIOS
DE TODAS AS ORDENS
QUE DEUS DESENHOU.
 
SEJAM DOS MAIS DELICADOS,
DAQUELES QUE LEVAM
AO ÉDEN CABAL;
 
SEJAM DOS TAIS CORROMPIDOS,
DAQUELES QUE VARREM
A CRENÇA TERÇÃ.
 
 - TEIMO, POR QUE SE RESGUARDAM?
QUAL A VERDADE QUE HÁ?
COMO, MODESTAS, SILENTES,
AS GUIMBAS DA TERRA
IMPÕEM-SE AO MAR?
 
- ILHAS INSPIRAM RESPEITO
À HORDA DE HOMENS
QUE CHEGA ATÉ LÁ.
 
SEJAM DOS MAIS FORMIDÁVEIS,
DAQUELES QUE PRIMAM
POR RITO E AMOR;
 
SEJAM DOS TAIS PREDADORES,
DAQUELES QUE MORDEM
SEM FOME OU RAZÃO.
 
 - SÃO, POR DIZER, INVASORES?
ALGO LHES FREIA O AFÃ?
PODEM, HERÓIS OU INFAMES,
PINÇAR AS RELÍQUIAS
DE SEU HABITAT?
 
 - ILHAS ESPELHAM MULHERES
IMERSAS NO VISGO
DOS MEDOS FEBRIS.
 
SEJAM REAIS E PROVADOS,
DAQUELES QUE CALAM
DE TANTO DOER;
 
SEJAM HERDADOS E TOLOS,
DAQUELES QUE TANGEM
À INSENSATEZ.
 
- NÃO, PERDURAR SOLITÁRIAS?
BELAS, IRÃO SE INIBIR?
PEITOS, FADADOS À GLÓRIA,
AO LONGO DA VIDA,
NÃO TÊM QUE FLORIR?
 
 
Francisco Abel Mendes d`Almeida, em 2010.

Cantou pra mim ...

"Quantos mistérios que você sondava? Quantos você conseguiu entender? Quantos segredos que você guardava, hoje, são bobos, ninguém quer saber? Quantas mentiras você condenava? Quantas você teve que cometer? Quantos defeitos sanados com o tempo eram o melhor que havia em você ? "(Oswaldo Montenegro)

Na foto, Marcela Freitas e Abel.