Site de Poesias

Menu

CONTA GOTAS

 

CONTA GOTAS
Por: William Vicente Borges

Conta beijos
sem conta

Conta abraços
sem conta

Conta declarações
sem conta

Conta gotas
de puro carinho

Só não me pedi
para contar
o quanto te amo

Pois de tanto
te amar sem conta
já perdi a conta

................
Verão de 2010

Compartilhar
WILLIAM VICENTE BORGES
06/02/2010

  • 2 comentários
  • 152 visualizações neste mês
  • sob licença creative commons
    Você pode distribuir este poema, desde que:
    • Atribua créditos ao seu autor
    • Não use-o comercialmente
    • Distribua-o sob essa mesma licença