Site de Poesias

Menu

Crepúsculo

[Ilustração não carregada]

São meus,
Os crepúsculos que incendeiam nossa história
Ultimo véu de sombra,

Sutis lábios saudade
Velando promessas não vividas...
Embranquece sentimentos o vazio da dor
Sensação que liberta medos,
Transparências,

Nossa alma peregrina.
Obliqua harmonia conduzindo caminhos
Sonhos impossíveis,
Intangíveis prazeres e paixão.
O revelar de novo perfil atrás do tecido

Trazido pela brisa leve,
Perfume reconhecido
Da manhã que floresce,
Encerra a longa espera
Fugaz destino,
Nossos corações.

Compartilhar
William José Carlos Marmonti di Gaeta
24/01/2010