ESTAÇÃO LILÁS

ESTAÇÃO LILÁS

ESTAÇÃO LILÁS

O exuberante lilás
das flores da estação
mistura-se ao verde da montanha
O sol matinal a amornar meu coração
Andarilha perdida
em sonhos
No silêncio azul de teus olhos
flutuo entre as hortênsias   
presa aos fios do desejo
há lentes de aumento
Tarde a cair desbotando a paisagem
O silêncio da noite é índigo
A luz do luar acaricia o lago
Escuro, profundo, misterioso
Inúmeras lanternas de vaga lumes
num constante piscar
Grilos, tenores da natureza
a cantarolar
Vem a brisa da madrugada
Sucede o amanhecer orvalhado
Flores azuis , flores lilases
Pintura de uma realidade
do verão aqui na serra

Bruma Lilás - Taís
© Todos os direitos reservados