Site de Poesias

Menu

GRÃOS DE AREIA

O sussurro do mar diz que nada é impossível
Mesmo quando a tempestade parece levar tudo embora
Te procuro ao meu lado na cama
E encontro um vazio quente, que insiste em ter o seu cheiro
 
Lá na calçada eu vejo seus passos
Em poças d´água de uma chuva de verão
Me encontra, ó princesa formosa
Me encanta, minha estrela do mar
 
Lê meus olhos, escuta minha alma
Intima meu coração
Cancela minhas dúvidas
Suga minha essência
 
Navega, sossega, me leva
Indica, ordena, envolve
Quantos grãos de areia para te amar
Quantos grãos de areia para te possuir

Compartilhar
Anderson Aparecido Ozawa
03/01/2010

  • 0 comentários
  • 86 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados