Site de Poesias

Menu

Sim, Eu Posso Voar

Ainda que meus pés estejam presos ao chão
Sinto poder voar...
Sinto que ao fechar meus olhos
Consigo alçar vôos incríveis...
Em quase tudo vejo encanto.
E encantando-me sinto-me viva.
De tudo o que tenho,
Nada se iguala a liberdade que me toma...
Embriagando-me em palavras...
Que transbordam dentro e fora de mim.
Tomando formas singelas...
Desperdando-me inoscência e malícia...
Sim, meus pés estão presos ao chão...
Mas dentro de mim há uma alma alada.
Que não deixa-se fincar junto aos meus pés.
Sinto-me flutuar...
Viajar entre uma sensação a outra...
Vagando entre poetas de um mundo novo...
Livre... Lindo, por que soa real e sincero...
Que deslizam teus encantos ...
Que transbordam ternura , ainda em tua dor.
Sinto-me impelida a invadir outros mundos
Tão diversos como meu próprio...
Sim, eu posso voar!

Compartilhar
Fabiana Viana
27/11/2009