Site de Poesias

Menu

Lembranças de teus Beijos

[Ilustração não carregada]

Por essa minha boca, louca de desejos
fito tua lembrança na mente a borbulhar,
revivo na saliva o gosto de seus beijos,
que impulso insano tenho pra te beijar.
 
Tua boca de lábios carnudos me enlouquece,
é uma fruta rara, doce como mel da floresta,
e a lembrança desse gosto me estremece,
e convido os anjos a celebrar minha gesta.
 
Ao menos as lembranças não consegues me tirar,
na minha boca o teu gosto do meu gosto se apossou,
e com teu gosto convivo, nesse desejo de te beijar,
e nós sabemos que foi o poeta quem te beijou.
 
Sublimes noites acordei, e simplesmente te olhei,
teu sono de anjo, fiquei velando e a chorar,
pedi que nada tirasse esse momento e chorei,
sentia na alma que estava sim a se findar.
 
Hoje, sem tua boca, aquela que me deixa louco,
não tenho vontade e menos ainda desejo de beijar,
tenho medo de perder a lembrança do teu gosto,
que ainda sinto e guardo ao tua boca lembrar.
 
Tua boca? Pela eternidade prometo não esquecer,
morrerei um dia, e quando esse dia chegar,
por favor segurem minha vida, não me deixem morrer,
sem que sua boca a minha torne a beijar.

Ouça esse e outros poemas na voz do Autor em:
www.adilsoncosta.com

Compartilhar
"Adilson Costa"
17/11/2009

  • 1 comentário
  • 506 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados