Site de Poesias

Menu

O TEMPO E O AMOR

[Ilustração não carregada]

Lá vou eu navegando em mar de esperanças
Tentando medir a distância do tempo,
Tempo que ainda é uma inocente criança
 
Indago ao tempo onde mora o amor?
Ele demora, pensa e responde:
-Ele não tem forma, não tem cor.
 
O amor é igual a mim que passo e não me vês
O amor mora dentro de ti abra teu coração e ele sai,
Que saibam todos que o amor é de Deus uma mercê.
 
A resposta do tempo tem credibilidade,
Só não tem o suave perfume da flor,
Mas é a pura expressão da verdade.

Compartilhar

Eu creio no tempo que passa e ningúem vê e creio que o amor também é assim chega de mansinho sem se perceber. Querendo entender ambos.

Ubirajara Fernandes
19/10/2009