O PRAZER DIVINAL

O PRAZER DIVINAL

Doce mistério divino

É a essência significativa do ser

Mediante a fecundação mágica do momento.

O clima sensual,

A atração fatal,

O êxtase sexual,

O orgasmo sobrenatural,

O relaxamento total.

 

Um louco e infame desejo

Alimenta a alma,

Desnuda e acalma.

 

Tão obscuro é o nascer,

Tão contraditório é o morrer!

Será o inconsciente do prazer

Que alicia a flecha certeira

Da semente do viver?

 

Eis que não tenho o saber.

Tenho somente as loucuras árduas

Que me queimam as entranhas

E me matam de querer.

 

Priscila Brandão
© Todos os direitos reservados