Site de Poesias

Menu

TU ÉS A PRIMAVERA E EU O VERÃO.

[Ilustração não carregada]

Eu vejo em ti tanta coisa bonita,
Tu és a primavera e eu o verão.
Tu és a paz que reclama minha alma aflita,
 E o remédio para o meu coração.
 
Eu que sempre choro sozinho
Tendo por companhia a solidão,
Da rosa eu sei do espinho,
Que sempre fere minha mão.
 
Quando eu passo num jardim
Onde vejo muitas flores,
A que se destaca para mim,
São as rosas de todas as cores.
 
Mas delas não sei do perfume
E da mulher eu nada sei.
Ouço tanto falar em ciúme,
Mas eu amo só a ti, a ninguém mais amei!

Compartilhar

Aos olhos de quem ama, tudo é belo e sem defeito. O amor é como a primavera faz nascer na terra seca belas flores e nos dá a alegria de viver e vontade amar,Eu estou amando em segredo, ela não sabe o quanto a quero, Se ela souber que é o primeiro amor que tenho certamente rirá de mim por nunca ter amado ninguém. Vendo chuva de primavera cair.

Ubirajara Fernandes
25/09/2009