Site de Poesias

Menu

A LEI DO AMOR!

[Ilustração não carregada]

Salva as exceções, a vida é uma rotina e só!
Todos os dias, chuva ou sol e um anoitecer
E o tempo para marcar os dias no fio tempo vai dando nó
E de novo tudo recomeça com um amanhecer.
 
Começa um corre corre sem chegar a nenhum lugar
Um falatório, ninguém se entende, a nada se prende,
E assim passam-se nossos instantes e o mundo a girar.
Na ciranda da vida tem uma enorme teia que nos prende!
 
Estamos presos à boa conduta, à gentileza, a honestidade,
Atados pelo perdão, pela tolerância e a compreensão,
Ali seguros pela benevolência, coerência e a caridade
Pelo o dogma da fé, pela lei dos homens, e a lei do coração
 
O que mais nos prendem, são os nossos defeitos é certo!
Perder-se-ia tempo a enumerá-los e não convém,
Há mais deméritos que méritos, seria pregar no deserto,
Pois não haveria ninguém que contradissesse com um, porém!
 
Então estamos presos ou não? Desgarrar-se da teia?
Pressupõe-se que a vida é um dom Divino e é dever preservá-la,
Todos os dias a vida recomeça com ou sem o sol que encandeia
Mas não basta um vento forte para nos soltar do que nos enleia.
 
É tudo mais profundo, vai além do pensamento profano.
Para nos livrarmos do que nos enreda não será pela força do braço
E sim pela transformação da mente do ser humano,
Nunca será nem pela mistificação nem pela dureza do frio aço.
 
Aumentando nosso cabedal de virtudes, seremos positivos,
Cada sopro nosso valerá por muitos furacões, será devastador!
Estaremos libertos das forças que nos torna corrosivos,
E teremos como lei maior a qual estaremos submissos, a Lei do Amor!
 
 
 
 
 
 
 
 

Compartilhar

Nós desconhecemos o que e porque acontece conosco e em torno de nós, coisas que não sabemos explicar, que estão além da nossa compreensão. Na vida existe uma teia e nela nos enrodilhamos. Se ninguém vier em nosso socorro ou não buscar-mos ajuda que do além do nosso entorno vira reforçar nosso poder possitivo de luta, fatalmente pereceremos jà que nosas fraquezas morais e espirituais são escudos frageis para o embate. Em casa pensandocomo resolver meus problemas.

Ubirajara Fernandes
22/09/2009