Site de Poesias

Menu

ESCALADA

ESCALADA
Por:William Vicente Borges

Esta montanha só eu devo subir
tenho que fazer isso
quero curar este coração
que vive tão ferido

Cada passo que dou acima
vai me deixando longe do tudo
deixei no pé da montanha
o que me aflige e dói

Um vento impetuoso toca meu corpo
as vezes penso que posso voar
o pico ainda está longe
mas é lá que quero chegar

Não estou perdido
sei o que estou fazendo
só preciso de um tempo só
para refletir e persistir

Estou passando por entre nuvens
não tenho medo, estou em paz
estou acima da tempestade
acima dos meus receios

Esta montanha só eu devo subir
quando alcançar o pico
pensarei em tudo que sou
mas prometo, eu volto pra você.


.............
Inverno de 2009

..............................................................................................................

"As pessoas vêem estrelas de maneira diferente. Para aqueles que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Para os sábios, elas são problemas. Para o empresário, eram ouro. Mas todas essas estrelas se calam. Tu, porém, terás estrelas como ninguém nunca as teve (...) Quando olhares o céu de noite, eu estarei habitando uma delas, e de lá estarei rindo; então será, para ti, como se todas as estrelas rissem! Desta forma, tu, e somente tu, terás estrelas que sabem rir!" (Antoine de Saint Exupéry)
 

Compartilhar
WILLIAM VICENTE BORGES
09/09/2009