Site de Poesias

Menu

Fantasma



Nos altos montes estou só a te esperar

Te procuro há séculos e não te encontro,

Meu corpo se dividiu em seis diamantes a te procurar,

Cada um deles é parte de mim,

E assim eles estão na natureza e em todo lugar,

No céu está minha voz, ela procura uma música para te encantar.

No ar está meu perfume, que com uma bela fragrância,

procura pelo seu cheiro encantador.

No mar estão meus olhos, que com o reflexo da lua,

formam um brilho para guiá-los até você.

Nas flores está meu pensamento, penso em como você se foi tão de repente.

Nas árvores estão minha audição, tentando encontrar sua doce voz de mel.

E neste monte está meu coração, que almeja seu amor.

Foi quando meus olhos te encontraram, porém você não os reconheceu,

pois outro amor já havia te conquistado.

Então a lua se escondeu, fazendo com que meus olhos se afogarem na escuridão do mar

Mas o mar se foi, as árvores e as flores secaram,

Perdi minha audição e não conseguia mais pensar de tristeza.

Sem a lua, o céu parou de cantar e o ar sumiu com minha voz.

O monte ruiu e meu coração parou.

Os diamantes se estilhaçaram.

Foi quando percebi que já havia te perdido a uma década atrás,

e que só hoje percebi que não existo

Sou um fantasma que esta em todo lugar,

menos em seu coração.

 

Compartilhar

09/09/2009