Site de Poesias

Menu

O PINGO DA CHUVA

É UM PINGO DE CHUVA
CAINDO NA PLANTA.

É UM CANTO TRINADO,
É O SABIÁ NA FOLHAGEM.

É UM RIO QUE PASSA,
ETERNAMENTE ALI ESTANDO.

É A ÁGUA MILAGREIRA
MATANDO A NOSSA SEDE.

É A SEDE DE ESPERANÇA,
QUE NUNCA SE CANSA.

É O CANSAÇO DA TARDE
ESPERANDO A BONANZA.

É A MADRUGADA CHEGANDO
TRAZENDO NOVO ENCANTO.

É A MESA NOVAMENTE POSTA
PARA IRMOS PARA O CAMPO.

É O CAMPO ESPERANDO
A CHEGADA DA PRIMAVERA.

É A SEMENTE GERMINANDO
CRIANDO UM NOVO ALENTO.

É A BUSCA DA PAZ
ACELERANDO O NOSSO AVANÇO.

'Conservai puro o foco dos vossos pensamentos,

com isto estabelecereis a paz e sereis felizes'.

Abdruschin em 'Na Luz da Verdade' - (graal.org.br)

Compartilhar
HSERPA
22/08/2009