Site de Poesias

Menu

Recado da lua

                              A noite está fria
                            A rua está deserta
                      Meu coração está deserto
                 A calmaria na rua está evidente
                       Aí vem um pranto mudo
                Um silêncio gritado infla o coração
                            Só a lua o escuta
                   As lágrimas inundam o rosto
           A lua desponta por trás da densa nuvem
                 E sabiamente emite  um recado:
                   Aproveite a calmaria da noite!
                 Descanse! Amanhã é outro dia!

                                     Mariluxa

Compartilhar
Mariluxa
11/08/2009