Cabocla

Não sei porque tu choras;
Conta prá mim, ó Cabocla...
Quero ver o teu rosto,
Quero teu corpo abraçar!

Nas margens desse riacho
Desenhei meu coração,
Ao ver nas águas
As lágrimas de teu olhar.

Quero, Cabocla, beijar-te!
Quero secar o teu pranto!
Quero contigo cantar,
Quero dizer que te amo!

Lucileide Flausino Barbosa -(Lúcio Barbosa)
© Todos os direitos reservados