Site de Poesias

Menu

Flor de Papel

A Flor que recebes é de papel. Papel, que um dia foi árvore de amores. De pássaros que já fizeram ninho no papel, a casais namorando embaixo de suas folhas de papel.
Hoje, é flor de papel. Papel de Amor. Amor igual e até maior que o passado. Passado natural, que hoje é futuro no papel.
A Flor é riscada no papel para tocar o teu coração. Para conseguir um beijo, não de papel, mas de sabor da fruta paixão, que o teu lábio rosado como pétala possui. Tudo isso para pintar o meu lábio de papel.

Compartilhar

É mais que papel. No trajeto de volta a casa minha

Raphael Amaral
18/05/2005