A U T O N O M I A

 
Desde a sua frustrada aventura,
Passaram-se três anos!
Correram-se mais de mil dias.
Ela viveu poucos encantos
e, com certeza, muitos desencantos.
Apuros, privações
e humilhações.
Perdeu até a sua “identidade”,
Pois, sequer pelo seu verdadeiro nome
Foi chamada!
Aventurou-se em busca da paz
E não a encontrou.
Viu-se no fundo do poço.
Teve sim, oportunidades.
Mas... lhe faltou coragem!
Perdeu sua privacidade.
Não tem amizades!
Não tem felicidade!
Não tem mais alegria!
Agora, desiludida,
Busca sua autonomia
 
18/06/09