Marionete

Tal qual marionete
Falo o que mandas
Sinto o que sentes
Ando os teus passos
Penso o que pensas
Abraço o teu abraço
A medida que o tempo passa
Não sou mais eu
Cópia mal feita
Mísero boneco...
Sou apenas tu
Sou teu arremedo
Minha vista se turva
Sinto apenas medo...

02/04/2007
14h 31 min
 

Jefferson Dieckmann
© Todos os direitos reservados