Site de Poesias

Menu

NUNCA UM AMANTE

[Ilustração não carregada]

Lá no céu tem uma estrela,
Que não perde o esplendor.
Às noites eu posso vê-la,
Só não sinto seu calor.
 
Cá na terra tem alguém,
Por quem me perco a olhar,
Uma pessoa a quem,
Eu sei que não devia amar
 
Tem dias que na lua,
Parece-me faltar um pedaço,
E a pessoa quando a vejo na rua,
Não sei o que faço
 
Esse alguém tão perto de mim
E a estrela de mim tão distante!
Será que tem de ser assim,
Ser um admirador e nunca um amante?
 
A pessoa a quem eu quero,
Pertence a quem muito quero também.
Tira-la de quem venero,
Não seria certo, não faria feliz a ninguém. 
 
 

Compartilhar

Por que o amor é tão imprevisivel, acontece com quem não se quer e quando não nos querem também. Há o amor proibido, o impossível e aquele que nos fará sofrer, mas tem o amor que nos traz felicidade, esse é o mais difícil. Pensado em amor e suas consequencias.

Ubirajara Fernandes
13/05/2009