Site de Poesias

Menu

E no meio...

Morro todos os dias um pouco...
Nasço todos os dias um pouco...

E no meio, fica a esperança, o sonho
partilhado comigo mesmo...

Fica a loucura de pensar...
Fica a loucura de saber e não querer
Fica a loucura de esperar...
Fica a loucura de um dia encontrar...

E a revolta, o medo, o desacreditar
entram em mim....

E só o tempo é o bálsamo,
para eu poder continuar....

E é dentro dele que eu estou comigo...
E é dentro dele que eu me misturo...
Que eu saio de mim ...
Que eu procuro...

Compartilhar
cristina lopes
05/05/2005

  • 0 comentários
  • 139 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados