Site de Poesias

Menu

SARAH

                                                                            
SARAH
 
 
Autora : Beth Laia
 
Fala às vezes sem pensar,
O que pensa mesmo não fala
Age às vezes no ímpeto
Mas o que deseja mesmo não
Faz.
Ri sempre sem Ter porque
Chorar para quê ? só se for
Escondido....
Incógnita, transparente, tão
Clara e tão obscura, só se
Entende mesmo quem a sente...
Quanta mudança!!!!!!!!!
De cotas desnudas
Diz que ser jovem é só querer
Mas na verdade é feminilidade,
Com um leve toque de sexualidade
Á balança cabelos, fala
Com certa arrogância, tentando
 Esconder a timidez que ainda
Teima em existir
De dedo em riste
Solta as amarras se
 Libertando
Deixou de ser cativa
Tornou-se senhora
 dama de um cavalheiro
errante a voar nas
asas da nostalgia
 
 
 

 

Compartilhar
BETH LAIA
26/04/2009

  • 1 comentário
  • 108 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados