Site de Poesias

Menu

De novo

De novo
 
                                                                                       Autora: Beth Laia
Havia tanta luz em teu olhar
Tanta doçura em teu semblante
Que enchi-me de graça
E me perdi num mundo
Que pensava não mais existir
Voltei a acreditar no homem
Como um ser de dotado de luz
Na humanidade envolta em
Paz
Me fiz perguntas mil
Porque um olhar fala tanto?
Porque esse mesmo olhar
Atravessa meu ser como
Se soubesse os conflitos
Que existem?
Porque me perco e me
Vejo nele como se tivesse
Um espelho a minha frente
E o tempo a distância e o
Mundo não existe sem
Esse encontro?
Porque atravessou meu caminho
 estraçalhando ideais, conceitos,
vivência e ensinando um mundo
novo que o medo me faz
despreparada e sem ação,
a pensar como um olhar consegue
Ter tanta humanidade dentro
De si?
Como um olhar consegue
Espalhar tanta luminosidade
Que chega a cegar os sentidos?
Como um olhar consegue
Transmitir valores, potencialidades,
Competências e ser tão humilde
Ao mesmo tempo?
Como um olhar pode estar
Tão perto como olho no olho
E estar tão distante na certeza
De não poder?
Como viver sem esse olhar?
Como viver com ele?????????????

 

Compartilhar
BETH LAIA
15/04/2009

  • 0 comentários
  • 289 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados