Site de Poesias

Menu

Olhos raros

[Ilustração não carregada]

 
Foram os teus olhos claros
Que de súbito me fitaram,
Como o brilho dos lábaros
Minhas pupilas enfeitiçaram.
 
Foram os teus olhos tão raros
Que os meus também buscaram
Desde que neles coloquei reparos
Outros olhos os meus, nunca mais olharam.

Compartilhar

Obrigado pelo carinho da visita ao sairem deixe um comentário ou uma simples critica.

Jose Aparecido Botacini
15/04/2009