* Canto profundo*

* Canto profundo*

As rendas de sal

que o mar regurgita na areia

trazem com elas musgos e nostalgia

Melodiosa canção irrompe das conchas

que adornam os cabelos da sereia

canto profundo em melancolia

Uma estrela do mar aporta na areia

vem avisar que o oceano passa mal

devolvendo aos poucos tudo o que deglutiu

as algas, os dejetos, os desejos... e o sal

 

                       * Úrsula Avner *

 

* poesia publicada no Recanto das Letras e com registro de autoria

* imagem retirada da net

 

 

 

 

Queridos (as) poetas (isas) e visitantes, obrigada pela sua presença e constante carinho.

http://www.ursulaavner.co...
http://www.ursulaavner.bl...

no meu cantinho

Úrsula Avner
© Todos os direitos reservados