Site de Poesias

Menu

CAUSA JUSTA

[Ilustração não carregada]

CAUSA JUSTA

 

Abri uma ata!!! Com algumas claúsulas a redigir,
julgamento à distância!!! Sentença julgada,
tenho direitos adquiridos!!! Minha liminar.!!!Direito de ir.
Embargo sua dor!!! Lanço um edital meio apressada.

Eu juro!!! Falar somente a verdade!!! Que saudade,
me julgo sem custas!!! Data vênia !!! Recorro a você.
Sou condenada a te amar!!! Pura vaidade,
um crime a parte!!! Minha conduta!!! Meu parecer.
 
Faço acordos!!! Envio-lhe um mandato urgente,
as minhas leis impressa em normas!!! Aquele artigo.
Tenho pendências!!!! Quero ver muita gente,
estou presa em regime aberto!!! Sem inimigos.
 
Amar sem justa causa!!! Meu decreto-lei,
tenho habeas corpus!!! Testemunha ocular!!! Seus versos,
te nomeio em primeira instância meu rei,
homologo sua ata!!! Avoco seus pensamentos para meu universo.
 
Sou advogada dos meus sentimentos!!! Provimentos,
pré julgo minha vaidade!! Você!!! Tenho esse crime,
produção de provas!!! Sessões lavradas pelos meus momentos.
Você tem esse mérito!!! Meu acordo em te amar!!! Meu regime.

 soraia

Ciganita

Publicado no Recanto das Letras em 08/02/2009

Compartilhar
Cigana
27/02/2009