Site de Poesias

Menu

NO PRETO E NO BRANCO

[Ilustração não carregada]

NO PRETO E NO BRANCO
 

 

 
 

No preto e no branco!!! Te arranco

Suspiro enigmático!!! Elástico poema.

No preto!!! Te vejo em pranto!!! Não me espanto,

No branco!!! Meu quebranto...Meu esquema.

Sou morena !!! Serena..uma flor,

que inventa testes!!! Te reveste de amor.

mas me visto de branco!!!  Para amar sua dor.

 

No preto!!! Sua sombra!!! Sem culpa

levo-te a meus impulsos!!! Diários.

Modo explicativo de pensar em você....

Contorno letras do meu caderno,

no branco!!! Voce é eterno...Moderno

mas domino-te pela tua personalidade.

Verdades do preto, que transcede o branco.

 

No branco!!! Te faço sonhar,

levar pelo vento afora seu objetivo

Imensidão do céu...Pássaros

levitar...semi nua!!! Exclusiva só para você.

No preto eu tremo!!! Seu passado te domina

Vem para que eu te ensinar!!! Mimar

com meus modos de amar!!! Você.

 

Soraia

Compartilhar

Eu conheço a imensidão do céu
Pássaro que sou,
Mergulharei de vez
Uma vez ou três.
Duzentos por hora, ou algo mais,
Na velocidade de encontrar você
Te merecer
Voar, sem ter onde chegar.
E de lá do céu
Formaremos dois em um só,
Fugirei da chuva,
Beijarei o sol.

Amanheceu
É hora de voar

Sigo meu instinto animal,
Cruzo mil fronteiras
Garimpando amor,
Semeador.
De tanto voar achei você,
Multicolorido exatamente igual
Ao meu astral.
Melhor é voar a dois
E de lá do céu
Formaremos dois em um só,
Fugirei da chuva,
Beijarei o sol,

Amanheceu
É hora de voar.

Claudia leite...Pássaros dentro do meu branco para o seu preto

Cigana
16/02/2009