Site de Poesias

Menu

Meu amor que preciso

 
Aonde  estará teu riso?
Em que estrela se escondeu
Se é dele que preciso
Pois foi ele que Deus me deu?
 
Sua ausência me faz doer de saudade,
Pois cada segundinho que vivemos
E nunca mais tivemos,
Ficou guardado em mim pela Eternidade.
 
Ficou marcado com o doce dos nossos beijos,
A força terna dos nossos desejos,
E por isto nunca a tirei do coração
Mesmo sendo isto pura ilusão.
 
Levarei sua lembrança por toda vida
Pois só você minha querida,
É que vejo agora que é a razão do meu viver
Que até sonhos, muito vejo  novamente em cada adormecer.
 
Se porventura você ainda pensar em mim,
Saibas que nosso amor nunca teve fim
Pois espero e esperarei todo dia
Reviver tanta paixão que se firmou em nós nesta  poesia.
 

Compartilhar
Patricio Franco
21/01/2009