Site de Poesias

Menu

" Bicho-preguiça"

[Ilustração não carregada]

Quero um dia diferente,

entregue ao bucolismo indolente...

Apagar da minha mente

hábitos urbanos,

chatices do cotidiano.

Espreguiçar-me ao balanço da rede

ou sobre a relva verde;

Desligar-me da tecnológica rede,

olhar o céu e viajar com as nuvens.


 

Hoje quero o dia assim;

contatado com a natureza,

desfrutando sua beleza.

Confabular com ninfas e duendes;

ser piegas, contrariar certos rumores,

rimar flores, cores com amores...

Usar clichês enfatizando o óbvio

e quando me cansar,

numa árvore qualquer descansar,

camuflada qual bicho-preguiça

que tudo vê, mas nada o atiça,

deixando a vida acontecer.


 

Hoje quero o dia assim...

Ser até meio egoísta

e morrer de amores por mim.


 

(Carmen Lúcia)

Compartilhar
Carmen Lúcia
19/01/2009