LEIA-ME POR FAVOR

LEIA-ME POR FAVOR

Leia -me amor
Esteja você onde estiver,
Mas leia-me, por favor,
Seja você homem ou mulher!
 
Quem te escreve busca sua outra metade,
Um aconchego para o frio e calor
E quando ama, ama de verdade.
Abre os braços e aceita o espinho e a flor!
 
Eu sou alguém que faz da vida uma canção
E valoriza o afeto, o carinho e a cumplicidade,
Cada gesto meu, cada palavra é de sedução,
E o meu desejo e obrigação é a sua felicidade.
 
Quando pessoas se encontram e se aceitam
É o surgimento de um amor maior,
Seus corpos em ânsia febrilmente reclamam
Que seja feita a mistura de pólen da flor.
 
Eu sou o sujeito oculto de uma oração,
Quero manter minha identidade.
Só posso dizer que amo você com emoção
E busco encontrar um amor com a mesma intensidade.
 
Ao nos cruzarmos em nossas andanças,
Homens e mulheres vejam se somos metades iguais,
Façamos isto cheios de esperanças,
De que podemos sentir a mesma alegria e gemer os mesmos ais!

Vivo procurando a minha outra metade que não sei por onde anda. Mas tenho esperança de encontra-la e ser feliz. Ainda não nos encontramos é que ainda não chegou a hora, porém a qualquer momento acontece aquele tchan e pronto estará completa a laranja.