Site de Poesias

Menu

Idade

 
Eu tinha um sorriso alegre
Quardado para um momento triste...
Eu tinha um sonho vívido,
Para os dias de velhice...
Eu tinha um desejo bobo,
Como lembrança de menino...
E uma frase feita,
Para o momento de silêncio...
 
Eu tinha canção romântica
Para um grande e vero amor
Eu tinha canção solene
Para uma vida que calasse
Eu tinha uma resposta,
Para aquele que não a encontrasse
Eu tinha um instante de paz,
Para aquele que a procurou a vida toda
 
Mas de repente, moribundo vulto distancia-se...
Já não é mais aquela criança doce e de sorriso farto
Que não tem mais aquelas preocupações seriíssimas
De com quais brinquedos ele vai brincar ...
E já não é mais aquele “rapaixonado”
Que pensa que a vida é um beijo doce daquela morena...
 
E hoje eu tenho meus momentos tristes,
Enfrentando os dias que me sinto velho,
Com meus desejos concretos de um adulto
Com suas preocupações
E momentos de silêncio mortal.
 
Hoje eu tenho uma canção brega
Para um amor perdido
E ouço tocar uma canção solene
Em muitos de meus dias
E muitas perguntas sem respostas
Em meus momentos sem paz!

Compartilhar
Elias Beraldo da Silva
29/11/2008

  • 0 comentários
  • 129 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados