ECLÍPSE

ECLÍPSE

 

O encontro anuncia
Ondas que se somam
Mar que acaricia
Seres que se amam!

Desejo e inquietude
Não saber do proibido
Do amar, só a atitude
Sem pudor fingido!

Mentes que perdidas
Almas que fugidas
São ciganos a vagar!

De coisas do coração
De inexplicável paixão
Não dar para escapar!

Mari LeneCabraL

Marilene CCabral
© Todos os direitos reservados