Site de Poesias

Menu

SINCRONICIDADE (JUST IN TIME)

SINCRONICIDADE (JUST IN TIME)
 
Exatamente quando mais te chamei
(E sem saber, te precisei)
Assim você reapareceu
Derramando-se em versos
Inundando-me de poesia
 
Mas, o que foi tal reencontro?
Será que um parênteses, unicamente?
Tudo o que era antes, ficará igual depois?
Não causou transformações
Ou provocou revoluções?
 
Não serão os acasos,
Uma grande sacudida
Obrigando-nos a repensar
O que é isso, se não ... vida?
 
Por que o medo de mudar?
Qual a razão de não ousar?
Parecer tolo por acreditar,
Que a paixão possa vingar?
 
Ah! Queria tanto a festa
Que um recomeço enseja
O êxtase da constatação
O calor da fusão
 
Mas nem sempre há sincronicidade
E, talvez, por estarmos defasados,
Imersos em descrença, até mesmo em ambigüidade
Ou tão somente amargurados,
Nos tornemos apenas, que pena, ... passado.
 

 

Compartilhar

Reflexões sobre o que poderia ter sido

Julie France
20/11/2008