Tarde Te Amei

Entrei no meu intimo sobre tua guia e eu consegui, por que tu te fizeste meu auxilio. Entrei e vi com os olhos do coração, a luz imultavel, forte brilhante quem conhece a verdade conhece está luz.
Óh! eterna verdade verdadeira caridade tu és o meu Deus
Forte suspiro, dia e noite desde de que te conheci e mostraste-me então quem era, irradiaste sobre mim a tua força dando-me o teu amor
Tade te amei, tarde te amei, óh1 beleza tão antiga e tão nova eis que estavas dentro e eu fora, e eu fora. Seguravam-me longe de ti as coisas, que não exestiriam se não em ti, estavas comigo, e não eu contigo, e não eu contigo.
Chamaste e clamastes por mim e afugentaste minha surdes brilaste resplandeceste sobre mim lançando para longe a minha escuridão exalaste perfume que respirei, tocaste-me e ardie por tua paz, tocaste-me e ardie por tua paz

(Sto. Agostinho)

Aercio Dos Santos Mendes
© Todos os direitos reservados