Site de Poesias

Menu

Quem além de ti!

[Ilustração não carregada]

 
Quem além de ti
acordaria-me com um Mantra,
Mantra OM,
Aham Brahmasmi, Budhi-Manas,
Mantra verbo que me chama de Mahatma.
 
Quem além de ti
resgataria minha força,
essa que creio esvaziada,
a que retomo em tua voz
ao anúncio da alvorada.
 
Quem além de ti
recobraria meus sentidos,
entorpecidos pela dor que não passa,
tão longa angústia
solidão, devassa.
 
Quem além de ti
mostrar-me-ia com ternura,
tão logo cedo que me tem em pensamento,
Gondwana,
Mensageiro do Vento.

Compartilhar

"Na imensidão da manhã, meu amor se mudou pra lua, eu quis te ter como sou, mas nem por isso ser tua" Outubro/2008

Emy Margot Tápia Alvear
20/10/2008

  • 0 comentários
  • 277 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados