INGENUIDADE

 

 
 
Com muitos paparicos
Berrávamos, chorávamos
Quantas birras
Queríamos de tudo
Roupinhas limpas e novas
Das alpargatas até as botinhas
Penteado com Glostora
Às vezes com vaselinas
Brincávamos na chuva
Tapas na bunda
Esse era nosso mundo 
Merenda horrível
Mas tínhamos que ir às escolas
Na semana água com limão
Há! Domingo. Dia da Tubaina
Só alegria
Bolos com creme e bolinas coloridas
Hum...azeitonas, picles, enfiados no abacaxi
Crescemos, penugens
Na feira, bico, carregar sacolas
Matine, pirulitos da Kibon
Primeiras masturbações
Queríamos já ser homem
Gravatas, olharam, ta afim!
Motéis, Cama
Será o mundo só meu?
Trouxa daquele que não comeu
Fases
Ênfase para mim
Estudei, professor
Naveguei, voei, casei
Cantei, briguei, juntei, aí tomei
Puta merda! Os anos já passaram
Nem reparei
Quantos sonhos de aventura e amor
De trabalho os anos contei
Com essa porra de aposentadoria
Onde foi que errei?
 
 
 

ORLANDO GALOTTI JR.
© Todos os direitos reservados