Amar, verbo indefinido

Que sentimento é esse que não se consegue explicar?
é fogo que não queima, é algo que me faz rir e as vezes me faz chorar...
outras vezes é loucura que não consigo expressar
faz do adulto criança, ao jovem o faz sonhar, trás ao velho esperança
dá-lhe forças para lutar faz a vida ter sabor, faz a vida ecoar,
sentimento inexplicável que chamamos de amor...

que sentimento é esse as vezes impaciente outras inconveniente?
me aprisiona o corpo inteiro mas me trás libertação
dá liberdade, mas me tira a razão, me trás felicidade
me faz viver de emoção é sentimento tão puro
mas não tenho explicação... é sentimento que brota dentro do coração...

que sentimento é esse que me faz suar a mão?
me descontrola os pensamentos, me faz tão ciumento,
me deixa sem argumentos, me faz viver cada momento
as vezes alegre outras em lamentos,
mas o coração sempre batendo, me mantendo sempre vivo
sustentando o sentimento que por ti amor, ainda tenho...

que sentimento é esse? é a expressão da vida, posso definir
faz-me perder o fôlego, me descompassa o coração
faz tremer as pernas mas me dá forças pra prosseguir
que sentimento é esse que é passado de geração
que conta histórias aos filhos que lhes ensina a lição
nas madrugadas desperta e vai ver qual a razão
daquele choro incontrolável mesmo na escuridão
é amor sem interesses, é labor, é satisfação
é amor que tudo sofre, tudo suporta, amor que nunca acaba
que consigo não se importa, mesmo depois de muito tempo,
o amor não oscilou, por incrível que pareça, aumentou...

que sentimento é esse que não se vê mas se percebe,
quem mais dá é quem mais recebe, não há quem por ele não se interesse
quem muito dá não se ensoberbece, quem amou jamais esquece
é como se fosse uma prece, que quem faz é que percebe
que a resposta, que não merece, o coração agradece...

por isso nesse dia não quero apenas lhe falar, quero poder demonstrar
algo que não se consegue explicar, sentimento tão forte, sem fim,
que vindo de você reflete em mim é o que me faz te amar assim...
é o mesmo sentimento do começo, o elo que nos mantém unidos
está em você e ao mesmo tempo comigo, é um sentimento, é um amigo
é Deus, a fonte do amor, te amo...e te amar, continua sendo
um verbo indefinido...

...tentar explicar o amor, é tentar correr atrás do vento...o amor, em todas as suas fases, precisa ser expressado de corações puros...amar é se dar...é renunciar suas próprias preferências e somente deixar fluir do peito o sentimento que todos chamam de amor...o amor é a expressão da vida de Deus...
Zeca Moreira
© Todos os direitos reservados