Site de Poesias

Menu

Feita de vento

[Ilustração não carregada]

Devagar após os dias, vezes que faz-me te olhar
Por entre os traços dos artistas e dos poemas que me trás
Vi em ti a obra que meu insconciente faz brilhar
Faz-me somar memórias boas, memórias de paz...

Sinto-te a falta quando ao céu se junta
E com o vento vaga junto aos pássaros em seu exímio talento
Deixa restos de sua magia que em mim afunda
Enquanto voa nos céus uma mulher feita de vento

Devagar após os dias, vezes que faz-me ler teus cartões postais
Por entre os traços dos artistas e dos poemas, o teu soprar
Vejo neles o reflexo de sua alma calma e tenra
Faz-me somar os cartões para de ti eu me lembrar.

Compartilhar

Poema dedico à uma grande amiga que a conheço apenas pelo orkut! Guarulhos - SP

Rodrigo Ferreira Magalhães
10/10/2008