Site de Poesias

Menu

Perfeito Imperfeito


Se eu tentasse amar,
Se pudesse esquecer,
Se eu amasse odiar.


Eu jogaria minhas palavras fora
Me deixaria no frio e no fogo.


Eu passaria a penetrar a dor na faca,
Eu seria o perfeito que é o imperfeito.


... Se eu tentasse esquecer.
Se continuasse a amar,
Se eu odiasse sofrer.


Eu deixaria a pena vazia escrever minha canção...
Me odiaria por tanto tempo que as muralhas virariam pó.


Mas não bastaria, e as flores morrem,
Vazias e perfeitas, e a canção nos lábios de mortos.


Se eu amasse estar.
... Se imaginasse te ver.
Se eu pudesse desconhecer...


O futuro de minhas mãos sombrias e amargas,
Como o fruto da carne que preenche a dor.


O perdão da canção da Lua.
Como aquela que o vento trás a todas as luas, para os meus lábios e para o meu papel e caneta.


Mas não bastaria,
Pois sou de papel
Fraca e Delicada, como a canção que sai de meus lábios.


Para o papel morto que morre,
Onde eu já perco todas as esperanças de continuar a...


... Tentar amar
Puder esquecer
Amar odiar.


... Tentar esquecer
Continuar a amar
Odiar sofrer


... Amar estar
Imaginar te ver
Puder desconhecer.

Compartilhar

Era para ser uma música, mas...


02/10/2008