Sol de Primavera

Sol de Primavera

Sol de Primavera
 
O brilho do sol desperta as flores.
Eternizo a poesia da imagem
Em versos que escorrem dourados.
 
As pétalas abrem-se furta-cores,
Voam borboletas de passagem,
Nutrem-se de beijos colibris insensatos.
 
No ar, um doce perfume de primavera...
 
O amor brota na vida que prolifera.
 
Mardilê Friedrich Fabre
 
Publicado no Recanto das letras
Código do Texto: T1191938
 
Imagem:Internet - Google

 

Mardilê Friedrich Fabre
© Todos os direitos reservados